segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Vou me mudar, mudar-me vou.


Tô de mudança nêga,

Mudança de comportamento.

Pra onde eu vou?

Vou mais pra dentro,

mais pra dentro de mim.

Sabe o que vou mudar?

Muita coisa, alguns conceitos.

Mudam as iniciativas

e uns pontos de vista.

Isso vai ser bom, vai sim.

Pretendo e preciso,

to muito cheio de mim.

Faço assim, Jogo fora

Invento outro.

Mantenho as roupas e

a pouca vergonha,

O bom gosto, o bom senso

e a realização de quem vive enquanto sonha.


Alexandre Revoredo/Nádia Patrícia

Um comentário:

  1. Oi alexandre..
    perfeita essa letra....

    adorei!
    beijos Andreza Costa.

    ResponderExcluir